quinta-feira, 14 de abril de 2011

Sexo anal para iniciantes

 

Existem registros da prática do sexo anal há milhares de anos e por um bom motivo: a região anal é uma das zonas erógeneas mais sensíveis do corpo humano. Ainda que nem todos atinjam o orgasmo diretamente através da penetração, sua simples prática pode ser bastante prazerosa.

Mas, para quem não tem experiência, qual a melhor forma de se aventurar nessa modalidade sexual?

É consenso entre sexólogos e praticantes que sexo anal necessita de preparo e bastante paciência. O relaxamento do esfíncter é a palavra-chave para que a penetração cause menos (ou nenhuma) dor ao parceiro passivo.

Entre as técnicas utilizadas para esse fim, destaca-se a prática do anilingus ou, em outras palavras, o sexo oral realizado na região do ânus. Essas preliminares colaboram para o relaxamento da musculatura anal e, consequentemente, tornam a penetração mais fácil.

Também é recomendável massagear a região e realizar inicialmente a penetração com apenas um dedo, fazendo movimentos suaves.

Durante o processo, o ânus provavelmente apresentará espasmos e contrações, que são uma espécie de defesa contra o órgão estranho. Para evitar o desconforto do parceiro, é interessante diminuir o ritmo ou interrromper o movimento durante essas contrações.

Lembre-se: é fundamental ter calma, sutileza e paciência para que a relação seja agradável e torne-se a primeira de muitas.

Acessórios para iniciantes

Plug anal é um brinquedo erótico cuja anatomia foi desenvolvida especialmente para o encaixe no ânus. É recomendado a iniciantes, pois têm a ponta fina e arredondada para facilitar a penetração e, com a base mais larga, preparam a região para a penetração do pênis.

Um produto alternativo e altamente recomendado para iniciantes é o plug anal inflável, cuja válvula de ar é acionada por uma bombinha. O plug se expande dentro do ânus, fazendo com que o mesmo acostume-se mais facilmente ao objeto estranho em seu interior.

Cuidados especiais

- O uso de preservativo é indispensável durante o sexo anal. A mucosa da região anal é bastante permeável a agentes externos -mais até do que a mucosa vaginal- e, por isso, a possibilidade de transmissão de doenças é muito maior (sexo anal sem proteção é a forma mais arriscada de contrair o vírus HIV);

- O preservativo também protege o parceiro ativo da contaminação por bactérias que habitam o ânus e que podem causar inflamações bastante desconfortáveis como a uretrite;

- Se o casal decidir intercalar sexo anal e vaginal na mesma relação, é importante trocar o preservativo para evitar a contaminação da vagina;

- O ânus, ao contrário da vagina, não possui lubrificação natural. Existem no mercado opções interessantes de lubrificantes e até anestésicos anais, para quem deseja atenuar possível desconforto durante a penetração.

----

O Club Privé Sex Shop dispõe de diversos produtos que ajudarão os iniciantes a terem experiências mais prazerosas no sexo anal e praticarem-no com mais segurança: plugs anais clássicos, plug inflável, crystal toys, preservativos, lubrificantes e anésticos anais. Aproveite!

Nenhum comentário:

Postar um comentário